Entenda o que são crenças limitantes e como reduzi-las na empresa

3 minutos para ler

Você sabe o que são crenças limitantes? Bom, à medida que alguém conhece novos lugares e pessoas, é natural que se deixe influenciar e acabe transformando parte daquilo que é. Nesse contexto, adquirir hábitos positivos é sempre bom.

Mas da mesma forma que um ser humano muda para melhor, também pode desenvolver ideias negativas, consciente ou inconscientemente. São as chamadas crenças limitantes, que podem influenciar até mesmo a rotina na empresa e atrapalhar o desempenho do colaborador.

E o que fazer para reduzi-las dentro da organização e estimular um ambiente mais saudável e produtivo? Descubra com a leitura deste artigo.

O que são crenças limitantes?

Qualquer tipo de pensamento dado como verdade e que atrapalhe o desenvolvimento de nossas habilidades pode ser considerado como uma crença limitante. Se um colaborador repete sempre que não é bom o suficiente ou que não merece um elogio, é preciso prestar atenção. Esses padrões de interpretação afastam as pessoas de suas metas e objetivos. Também interferem em sua motivação, refletem negativamente em relacionamentos internos e prejudicam a tomada de decisões.

Por vezes, quem alimenta uma crença limitante nem mesmo percebe que ela faz mal. Sem a interferência adequada, aos poucos o pensamento se torna uma bola de neve, com outras interpretações e problemas preocupantes acumulados.

O que fazer para reduzi-las na empresa?

É importante, em primeiro lugar, estudar a postura dos colaboradores e identificar crenças limitantes em comum. Avalie qual é a causa por trás delas: saber de onde o pensamento vem ajuda a erradicar a questão pela raiz. Se necessário, chame o colaborador para uma conversa. Pergunte a ele quais são seus objetivos e metas na empresa e o que pode ser feito para que isso seja alcançado. Além, é claro, de conversar a respeito daquilo que ele considera como um empecilho para este fim.

Além disso, crie o hábito de feedback. Ao acompanhar uma pessoa de perto, fica mais fácil absorver sua rotina e ver como essa crença costuma atuar. Dessa forma, estratégias poderão ser criadas para recondicionar o pensamento. Conforme a consciência se acostuma a priorizar a positividade, o esgotamento mental diminui e a melhora é gradativa.

Qual é o papel do RH como fomentador de mudanças de mindset dentro das organizações?

O setor de Recursos Humanos deixou de acolher apenas tarefas administrativas para também cuidar de pessoas. Seu papel agora é definir políticas e ações que tragam bem-estar para os colaboradores e atendam suas necessidades e expectativas. Para fomentar a mudança de mindset dentro de uma organização, o RH deve implementar um sistema de comunicação interna, além de disseminar programas, eventos e ações de integração para deixar claro os valores da empresa.

Também é importante ouvir o que os colaboradores têm a dizer. Com esse conteúdo em mãos, você poderá desenvolver novos planos de carreira, melhorar o clima organizacional e aproximar líderes de seus liderados.

O resultado disso é uma equipe forte, conectada, com alta produtividade e o principal: longe de crenças limitantes, sempre com foco no crescimento e no desenvolvimento de pessoas. Os resultados, para todas as partes envolvidos, só têm a melhorar.

E então, você entendeu o que são crenças limitantes? Se sim, não deixe de assinar a nossa newsletter para ter acesso a outros conteúdos tão interessantes quanto este.

Posts relacionados

Deixe uma resposta